wrapper

logo min

pten

As empresas vivem hoje num ambiente ambíguo, volátil e incerto. A velocidade das mudanças sociais, económicas e tecnológicas é tal que ou as empresas têm a capacidade de se adaptar, de se reinventar, ou estarão condenadas ao fracasso.

Da lista das 500 maiores empresas do mundo da revista Forbes, de 2006, 50% já não existem. Sucumbiram porque não mudaram. Não se adaptaram às novas tecnologias, às novas exigências dos clientes, aos novos concorrentes, às novas formas de trabalho. A mudança é, hoje em dia, um imperativo de sobrevivência.

A definição de cultura pode ter várias formas, mas todas terão em comum que Cultura Organizacional é um conjunto de valores, princípios e hábitos que guiam as acções e as decisões das pessoas. Assim, é influenciada por factores internos e por factores externos:

•Externamente, o reconhecimento do público, o ambiente regulatório, económico e tecnológico têm um peso significativo

•Internamente, o propósito, a visão, os valores, o tipo de liderança e a estrutura organizacional são factores chave.

Saber reconhecer os factores que implicam decisivamente na cultura da organização é fundamental para antecipar as necessidades de mudança. Não temos o poder de influenciar todos os factores de mudança, mas temos de ter a capacidade de os prever, antecipar e de estarmos preparados. Reconhecer a necessidade de transformação.

A manifestação da cultura de uma organização é o comportamento das suas pessoas – e é esse comportamento que temos de transformar, se queremos transformar a cultura.

Para isso, temos de definir o rumo. Saber onde estamos hoje. Saber para onde queremos ir. E começar a caminhar!

A mudança tem de envolver todos, começando por quem tem de dar o exemplo.

Temos de ter uma liderança que acredita e vive a mudança que quer ver nos outros. Que motiva, que inspira os demais! Temos de agir de forma continuada e consistente, a mudança não acontece do dia para a noite! Mas temos de ter uma atenção especial aos momentos decisivos. Passar mensagens claras em alturas-chave é fundamental.

Capacitar as pessoas para a mudança que queremos que protagonizem. Educar. Formar. Reforçar. Recompensar. Reconhecer.

Trabalhar nos factores internos que influenciam a mudança: alinhar a estrutura, a liderança, a comunicação, a avaliação de desempenho.

Agregar as pessoas em torno de um propósito! Algo mais do que a visão de negócio. Que valoriza a organização enquanto elemento diferenciador na comunidade, no mundo!

A transformação cultural não é um objectivo em si. É um caminho. O único caminho para o sucesso. Está preparado?

Marta Santos,Senior Manager EY, People Advisory Services

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

[email protected]