wrapper

logo min

pten

CARREIRA. Caminho traçado por Mark Zuckerberg até atingir o sucesso foi destacado pela revista Forbes, numa das suas mais recentes edições na versão brasileira. Siga a ‘abordagem única’ do quinto homem mais rico do mundo, em 2017, pela Forbes, até atingir o primeiro milhão.

28117346 1879297345414697 1254633503 n

‘ÓPTIMAS IDEIAS’ NÃO SÃO TUDO

Mark Zuckerberg, segundo a revista Forbes, teve um papel preponderante na criação do Facebook. Embora os gémeos Winklevoss o tivessem processado por um alegado ‘roubo’ da ideia original para a criação da rede social, “a ideia não era assim tão inovadora”, considera a publicação, acrescentando que “foi a execução de Zuckerberg que fez a diferença”.

Foram os pequenos ajustes e cortes que impulsionaram o Facebook e o colocaram à frente dos seus mais directos concorrentes. Aliás, Zuckerberg explicou-se, mais tarde, numa carta dirigida aos seus investidores.

“Os ‘hackers’ acreditam que algo pode ser sempre melhorado e que nada jamais está completo. As coisas precisam de ser concertadas, muitas vezes, diante de pessoas que afirmam que aquilo é impossível ou que estão contentes com o ‘status quo’”, reforça a Forbes.

Segundo os analistas da Forbes, a melhor maneira de alcançar o sucesso a longo prazo é procurar maneiras de melhorar continuamente. As pessoas não precisam que tudo esteja perfeito no início. Em vez disso, é preciso repetir e falhar rapidamente para que se possa alcançar o sucesso mais cedo.

TRABALHE POR UMA CAUSA

Esta é outra das máximas destacadas pela Forbes, para quem queira ser multimilionário antes dos 30 anos, a exemplo do que ocorreu com o patrão do Facebook. Esta rede social mudou a maneira como hoje as pessoas se interagem, tal como foi o objectivo de Zuckerberg no início. “A minha meta nunca foi apenas criar uma empresa”, disse. “Era construir algo que realmente fizesse grande diferença no mundo.”

Quando alguém procura impacto social, esse alguém estará muito mais próximo de atingir uma grande audiência. “Abrace uma visão maior para a sua empresa. Mudar a maneira como as pessoas fazem as coisas, será mais memorável do que um produto comum”, realça a Forbes.

NÃO SE PRENDA AO PLANO DE NEGÓCIOS

Tal como Zuckerberg defendeu, as pessoas “precisam de estar fartas de trabalhar numa empresa e ficar presas”. Por outras palavras, segundo a análise da Forbes, Zuckerberg quereria deixar a mensagem de que as “pessoas precisam de ser flexíveis nas suas aventuras relacionadas com o empreendedorismo”. Não fique tão preso a uma ideia a ponto de perder melhores oportunidades. O Facebook começou como um ‘hobby’. Se não tivesse funcionado, Zuckerberg teria facilmente partido para outra ‘aventura’. Empreendedores deveriam evitar ficar muito presos a um trabalho ou a um produto em particular. Nunca se sabe como as mudanças de mercado podem afectar o seu negócio. Mantenha a mente aberta para que possa estar mais bem equipado para lidar com os altos e baixos de uma vida no empreendedorismo.

PRIORIZE PESSOAS, NÃO O LUCRO

“Só contratarei alguém para trabalhar directamente para mim se eu chegar à conclusão de que trabalharia para essa pessoa”, disse certa vez Zuckerberg. Essa abordagem, segundo a Forbes, fez com que contratasse funcionários com capacidades diferentes.

“Isso demonstra que nem mesmo as pessoas mais talentosas conseguem o sucesso sozinhas”, conclui a revista.

ESQUEÇA AS PESSOAS NEGATIVAS

Mesmo tendo-se tornado numa das maiores marcas mundiais, a missão do Facebook não mudou muito: “tornar o mundo mais aberto e conectado”. Permanecer fiel à sua visão permite que se conquiste sucesso a longo prazo.

Jat Peters, director da PARK USA, afirma que o foco de Zuckerberg permitiu que o Facebook prosperasse num mundo em que o MySpace e o Friendster já existiam. “Tudo, do design e da linguagem da marca à cultura, deve ser desenvolvido de forma consistente com toda a empresa e a visão de negócios”, explicou, citado pela Forbes, tendo acrescentado que “essa é uma das melhores e mais críticas maneiras de construir uma marca forte e uma proposta de valor para os clientes”.

SEM MEDO DE TIRAR FÉRIAS

Empreendedores acham, às vezes, que precisam de trabalhar sem parar para alcançar o sucesso. Zuckerberg, porém, provou que não é bem assim. O Facebook oferece quatro meses de licença de paternidade remunerada a pais recentes. Ele próprio usou a licença depois do nascimento das filhas. “Tenho certeza de que o escritório estará em pé quando voltar”, disse.

“O seu negócio sobrevive. Tire férias para recarregar baterias quando necessário e evite o sentimento de esgotamento”, aconselham os analistas da Forbes.

 

*Com Forbes Brasil

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao