wrapper

logo min

pten

CARREIRA. Multimilionário norte-americano Steve Siebold defende que qualquer pessoa tem potencial para ficar rico, mas realça, no entanto, que há erros a evitar. Confira a seguir 11 conselhos avançados pelo autor sobre coisas que não deverá fazer se quiser enriquecer.

21360781 810805349044617 169123035 n

1.Pensar pequeno

O objectivo da maioria das pessoas é reformar-se aos 67, com a esperança de ter dinheiro suficiente para sobreviver até morrer, diz Steve Siebold. Por isso, aconselha o multimilionário, não tenha medo de pensar em grande. Diga para si, como fazem os ricos: “Se não eu, então quem?”.

2. Preocupar-se demasiado em poupar

Embora reconheça que o acto de poupar para investir tenha a sua importância, Siebold realça que os que ficam mesmo muito ricos concentram-se mais em ganhar e em gerar receita. “As massas estão tão focadas em cupons de desconto e a viver de forma frugal que perdem grandes oportunidades”. “Mesmo em plena crise financeira, os ricos rejeitam o miserabilismo das massas”, continua.

3. Salário fixo

O cidadão médio prefere um salário fixo ou estável. Mas os ricos preferem ser pagos em resultados e normalmente trabalham por conta própria. “O caminho mais rápido para a prosperidade é o auto-emprego”, defende.

4. Prazos flexíveis

“O dinheiro não cai do céu”, aclara o autor, sublinhando que, para enriquecer, é preciso ter um objectivo claro, um plano para o concretizar e um prazo definido. Enquanto a maioria das pessoas quer muitas coisas ao mesmo tempo, os ricos “focam-se num grande objectivo de cada vez”, e “estabelecem um prazo para o alcançarem”, diz Siebold.

5. Viver acima das possibilidades A classe média, segundo o multimilionário, gasta tudo o que tem (e, muitas vezes, o que não tem) para conseguir uma existência condigna. Os ricos, por outro lado, não só procuram várias fontes de rendimento, como, em vez de se focarem em gastar ou poupar, concentram-se em como ganhar mais para investir mais também.

6. Entretenimento

Os ricos preferem a “educação ao entretenimento “, escreve o multimilionário americano. “Se entrar na casa de uma pessoa rica uma das primeiras coisas que vai ver é uma extensa biblioteca de livros usados para aprender a ser ainda mais bem-sucedido”. Diz Siebold que “a classe média lê romances, tabloides e revistas de entretenimento”.

7. Relações tóxicas

De acordo com o autor, as pessoas de quem se rodeia determinam o seu rendimento. “A exposição a pessoas bem-sucedidas cria potencial para alargar os seus horizontes e catapultar o seu rendimento”, acredita Steve Siebold. “Tornamo-nos iguais às pessoas com quem nos relacionamos, e é por isso que vencedores atraem vencedores”.

8. Nostalgia

O cidadão comum tende a ser nostálgico, a olhar para o passado, diz o autor, acrescentando que, ao contrário, os que têm sucesso estão sempre de olhos postos no futuro e são optimistas. “As pessoas que acreditam que os seus melhores anos ficaram para trás raramente enriquecem, e, muitas vezes, enfrentam a infelicidade e a depressão”, garante Siebold.

9. Conforto

Segundo o multimilionário, a pessoa comum quer sentir-se confortável a nível físico, psicológico e emocional. As pessoas ricas, por outro lado, são estimuladas pela incerteza.

10. Medo

Para conseguir grandes feitos, o medo tem de ficar à porta, aconselha o autor. Defende, no entanto, que é preciso sair da zona de conforto e arriscar. É o que fazem os ricos, assegura Siebold. “Neste nível de pensamento, nada parece impossível. Cada sonho ‘doido’ aos olhos das massas parece surpreendentemente realizável”.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao