wrapper

logo min

pten

BALANÇO. Números representam um aumento de 19%, face aos resultados do exercício anterior. Grupo quer expandir-se para sete províncias, contando com o microcrédito. Próxima aposta deve passar pelo agro-negócio.

51640746 317894288851374 5866210008122785792 n

O grupo empresarial Sanep facturou mais 15 mil milhões de kwanzas em 2018, registando um crescimento de 19%, face às margens do exercício anterior. Kianda Trozo, administrador para planeamento e orçamento, justifica o resultado com “a capacidade de resiliência do grupo”, não obstante ter sido afectado pela crise cambial.

Para 2019, a administração do grupo definiu, como meta, a expansão para sete províncias, com a aposta no agro-negócio. Palmar, café, caju, tomate, entre outros, são as culturas já identificadas como estando alinhadas à política de microcrédito do grupo, além de merecem maior incentivo do Governo, já que algumas estão inclusive mais orientadas para a exportação.

Por via do ‘braço’ de microfinanças, a Crediangola, o grupo tem um programa inicial de apoio a quatro mil famílias, que receberam financiamentos de mais de dois milhões de dólares. “Este ano, estamos a fazer um trabalho para ir se buscar recursos para o repasse acima dos 40 milhões dólares”, garante Kianda Trozo.

Consta também dos planos do conglomerado a consolidação de projectos em fase embrionária, bem como a alteração da estratégia de mercado em que o ‘core business’ seja o agronegócio.

O grupo Sanep actua, entre outros, nas finanças (microcrédito, seguros, corretagem e gestão de activos); na logística e distribuição; nos serviços (consultoria, tecnologias de informação, construção e gestão imobiliária), no agro-negócio e na indústria, e conta já com 200 empregos directos. Empresas como a Agroawa, a seguradora Protteja, a Madz, a Regadio, a Crediangolar, a Fibrex são apenas algumas das que integram o vasto patrimónmio do grupo, num total de 22 unidades empresariais.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

[email protected]