wrapper

logo min

pten

SEGUROS. Empresa rubricou protocolo com a Câmara de Comércio Angola-China que torna as mais de 600 empresas chinesas suas potenciais clientes.

38864875 244045839574119 6356507724989071360 n

Um acordo com a Câmara de Comércio Angolana-China (CCAC) vai permitir o aumento dos prémios brutos da Sol Seguros em mais de 93%, para os 580 milhões de kwanzas, estima a seguradora. Em Maio, a empresa declarou que previa arrecadar 300 milhões de kwanzas até ao fim do ano, mas a efectivação, no princípio deste mês, do acordo com a CCAC, que controla 625 empresas chinesas, além de alterar as metas de arrecadação, redifiniu os objectivos da seguradora em relação à conquista do mercado. “Com a assinatura deste memorando, perspectivamos crescer a nível das quotas de mercado, na arrecadação de receitas e influenciar no aumento da taxa de penetração para o PIB”, sublinhou Mateus de Brito, no dia em que a operadora comemorou o primeiro aniversário.

Nos termos do acordo, a CCAC deverá persuadir as suas filiadas a subscreverem os produtos obrigatórios na Sol Seguros, como o seguro de responsabilidade civil automóvel, o de transporte de cargas e o de acidentes de trabalho. Mas os não obrigatórios também devem constar do pacote, com a contrapartida de a seguradora garantir preços fraccionados e descontos.

Até agora, as empresas de importação chinesas seguram as mercadorias e outros produtos junto de companhias estrangeiras e Arnaldo Calado, presidente da CCAC, espera que o acordo ajude a alterar o quadro. “A Câmara apenas abriu a porta, levamos o boi até à água. Agora, se o boi vai beber água ou não, a sede é dele”, ditou Calado.

Jesus Teixeira, por sua vez, administrador da Agência Angolana de Regulação e Supervisão de Seguros (ARSEG), classifica o acordo como uma “jogada de mestre” por parte da companhia, face ao nível de trocas comerciais entre Angola e a China.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao