wrapper

logo min

pten

LOGÍSTICA. Compra da petrolífera é justificada com a necessidade de se assegurar o abastecimento do mercado nacional com derivados do petróleo, a partir do segundo trimestre do ano.

K04A0142 1

O Estado autorizou a concessionária nacional, Sonangol E.P, a efectuar despesas avaliadas em pouco mais de 4.030 milhões de dólares para a contratação de fornecimento de derivados de petróleo, como gasolina, gasóleo e gasóleo de marinha, para a Sonangol Logística Limitada.

O contrato, que é válido para o período entre 1 de Abril de 2018 e 31 de Março de 2019, foi autorizado por despacho de 24 de Maio, rubricado pelo Presidente da República.

A medida é justificada, no documento, com a necessidade de se assegurar o abastecimento do mercado nacional com derivados de petróleo a partir do segundo trimestre do ano, em função dos actuais contratos de derivados à Sonangol Logística Limitada.

João Lourenço delega, no mesmo diploma, o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino de Azevedo, para, em nome do Estado, praticar todos os actos decisórios e de aprovação tutelar do referido contrato, incluindo a sua assinatura, devendo a Sonangol, E.P informar a esta entidade sobre o andamento do processo.

LIBERALIZAÇÃO DO MERCADO

Em Março, a Sonangol anunciou a contratação de duas empresas internacionais, a Glencore Energy UK e a Totsa Total Oil Trading para o fornecimento de gasóleo e de gasolina, respectivamente, tirando, desse modo, do negócio a Trafigura, que controla 48,4% da Puma Energy e que detém as bombas de combustíveis da Pumangol.

O concurso público foi lançado a 17 de Janeiro, do qual participaram 20 empresas internacionais, no entanto, apenas 11 apresentaram propostas.

Segundo as informações oficiais disponibilizadas na altura, o concurso visava a aquisição de 1,2 milhões de toneladas de gasolina, 2,1 milhões de toneladas de gasóleo e 480 mil toneladas de gasóleo de marinha.

Em 2016, a Sonangol importou, em nome de Angola, 2.352.671 toneladas durante todo o ano, uma quebra homóloga de 23% em relação ao ano anterior, enquanto as compras de gasolina no exterior chegaram a 1.030.070 toneladas, representando uma redução de 17%.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao