wrapper

logo min

pten

INDÚSTRIA CIMENTEIRA. Investimento coloca empresa produzir mais de dois milhões de toneladas clínquer, além de 2,4 milhões de toneladas de cimento por ano.

 

A fábrica de cimento Cimangola deu início à exportação de 50 mil toneladas de clínquer para a República dos Camarões, anunciou o presidente do conselho de administração (PCA) da cimenteira, Sindika Dokolo.

A empresa inaugurou, na última semana, uma nova fábrica que, na primeira fase, se destina à produção de clínquer, num investimento global de 400 milhões de dólares, tendo inaugurado a unidade o ministro da Defesa, João Lourenço, em representação do chefe de Estado, José Eduardo dos Santos.

Sindika Dokolo declarou que o novo investimento “vem abrir portas a uma iniciativa estratégica para o grande mercado sub-regional”, antes de revelar o início das exportações para os Camarões. “Asseguramos um primeiro barco e, caso concluirmos este processo de forma satisfatória, temos a previsão de uma exportação de 50 mil toneladas de clínquer para um único cliente”, aclarou.

“O que é importante demonstrar que Angola se tornou numa força industrial capaz de concorrer com as indústrias de países desenvolvidos e, ao mesmo tempo, capaz de conquistar mercados da sub-região, constituindo um evento estratégico para a economia angolana”, defendeu o empresário. A nova fábrica de produção de clínquer da Cimangola foi construída numa área de 687 hectares. Situada no município de Cacuaco, em Luanda, inclui uma área de extracção de matérias-primas e está equipada com tecnologia de última geração, para produzir anualmente 1,6 milhões de toneladas de clínquer, tornando o país auto-suficiente.

O investimento coloca ainda a Cimangola num patamar de produção de aproximadamente 2,4 milhões de toneladas de cimento por ano, fazendo do país, à semelhança do clínquer, auto-suficiente na produção de cimento. No futuro, a cimenteira projecta erguer, no mesmo espaço, uma segunda linha de produção para duplicar a capacidade de produção, segundo Dokolo, que justifica os planos com a necessidade de se desenvolver o mercado de exportação.

O empresário destacou os investimentos no ‘corredor do Lobito’, nomeadamente no Porto do Lobito e nos Caminhos-de-Ferro de Benguela, este último que chega à fronteira com a República Democrática do Congo, como uma oportunidade que “abre as portas ao importante mercado da Copperbelt, que abrange parte do Katanga (na RDC), em que há grandes produtores de cobre e cobalt e a Zâmbia”.

Para Dokolo, os grupos privados encontram nesses investimentos a possibilidade de “estruturar uma estratégia de 20 anos com ambição sub-regional e continental”. O processo de construção da fábrica durou 21 meses, com o envolvimento de 700 trabalhadores, na fase de maior intensidade.

O empreendimento deve criar 220 novos postos de trabalho, mais de 85% dos quais para angolanos. Em declarações à imprensa, a ministra da Indústria, Bernarda Martins, calculou em cerca de sete milhões de toneladas a capacidade de produção anual de clínquer, contando além da nova fábrica, as já existentes FCKS, no Kwanza Sul, a CIF e a Nova Cimangola.. Criada em 1955, a Cimangola é hoje detida por uma parceria público-privada.

A Cimangola UEE é a empresa pública que participa com um terço do capital, pertencendo a maioria dos dois terços a accionistas nacionais privados.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao