wrapper

logo min

Portuguese English

INVESTIMENTO. China International Fund compra acções de sócios britânicos e transforma proprietária da fábrica de automóveis de Luanda em sociedade unipessoal. O grupo chinês aumentou ainda o investimento em diferentes projectos sob a sua alçada em Angola.

 

A China International Fund Angola (CIF Limitada) vai aumentar o investimento na CSG, fábrica de automóveis, localizada em Luanda, com a injecção de, pelo menos, 77,5 milhões de dólares, na sequência de uma adenda contratual, aprovada por despacho presidencial.

Além de reforçar o investimento, a CIF Angola terá o controlo absoluto da fábrica de montagem de automóveis, como resultado da aquisição da totalidade das quotas detidas pelas investidoras Powerquest International e Peakbright International, ambas de direito inglês, na sociedade automóveis CSG Angola, proprietária da unidade industrial de carros, transformando-a numa sociedade unipessoal.

O documento, assinado pelo Presidente da República, não detalha a quantidade de acções (agora à disposição do grupo chinês) que pertenciam aos investidores ingleses, nem avança as razões das transferências. No entanto, os 77,5 milhões de dólares anunciados para capitalizar a CSG provêem dos fundos próprios da CIF Angola e serão aplicados na importação de máquinas, equipamentos acessórios e outros meios fixos corpóreos.

Construída em 2007, na Zona Economia Especial, Luanda/Bengo, a fábrica teve um investimento inicial de 30 milhões de dólares. Com a anunciada nova injecção, o investimento no projecto sobe para os 100 milhões de dólares. A CSG conta com uma capacidade de montagem de cerca de cinco mil carros por ano, pretendendo atingir uma produção na ordem das 30 mil viaturas/ano. ‘Pick-ups’ (carrinhas), SUV (jipes), MPV (carro de passageiros multiuso) e autocarros de pequeno, médio e grande portes, são os modelos montados naquela unidade fabril, usando a tecnologia da marca japonesa Nissan.

Para os promotores da CSG, a construção desta fábrica, que criou mais de 500 postos de trabalho, impulsiona o parque industrial angolano, como a indústria química, de aço e outras que servem de suporte para a produção e montagem de automóveis.

CIF, UM UNIVERSO MILIONÁRIO

O universo CIF foi ainda autorizado pelo Governo a aumentar o valor de investimento em diferentes projectos empresariais sob a sua alçada. No projecto de construção civil e indústria foi aprovado um montante na ordem dos 357,5 milhões de dólares, enquanto para a CIF Logistics Company foram aprovados 47,1 milhões de dólares. Para a CIF Angola, que desenvolve actividade de prestação de serviços, foram injectados 10,5 milhões de dólares.

A CIF Angola Sandand Gravel Company, envolvida na exploração de inertes e produção de blocos e pavimentos, vai aplicar um investimento adicional de 25,4 milhões de dólares, enquanto 12,3 milhões de dólares são encaminhados para a CIF Shipping Services Company, empresa ligada à prestação de serviço à indústria marítima, portuária e de pesca.

Mas de investimentos não é tudo. Em despacho presidencial, lê-se ainda a aprovação de 343,6 milhões de dólares para actividade da CIF, ligada à produção de cimento e clinker.

Na fábrica de cerveja Bela e engarrafamento de água, a CIF Angola vai investir 116,9 milhões de dólares e deverá comprar na totalidade a quota detida pela sócia CIF Logistics Company, na Lowenda, proprietária da cervejeira, tornando-a numa sociedade unipessoal. Com este investimento serão criados 500 postos de trabalho, 350 dos quais destinados para angolanos e os restantes 150 para estrangeiros. De acordo com o despacho presidencial, a mão-de-obra estrangeira deverá ser gradualmente substituída por trabalhadores angolanos.

O CIF viu ainda regularizados dois projectos imobiliários (Condomínio Residencial Vila Pacifica e 5.800 Moradias do KK) no valor de 694,8 milhões de dólares. O grupo está também envolvido na construção do novo aeroporto de Luanda e esteve ligado à reconstrução dos caminhos-de-ferros do país.

 

Comentários

A Informação mais vista

+ Opiniões

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao