wrapper

logo min

pten

HABITAÇÃO. Novas residências poderão ser adquiridas mediante pagamento de renda resolúvel ou a pronto pagamento. O processo inclui também a modalidade de arrendamento, com custos estimados em 12.500 kwanzas mensais.

 

Kora Angola, empresa do ramo imobiliário, deu início, na passada sexta-feira, à venda das habitações da centralidade do Kuito, num total de 2.684 unidades, estando cada uma avaliada em 11,6 milhões de kwanzas.

A informação foi avançada, em exclusivo ao VALOR, pela directora comercial e marketing da empresa, Lídia Santos, quando abordava o processo de comercialização de habitações, sob a responsabilidade da Kora Angola, fruto da parceria que mantém com o Governo.

Segundo dados oficiais, a centralidade do Kuito foi projectada para acolher mais de seis mil fogos habitacionais, sendo que os que agora entram para a fase de comercialização integram a primeira fase do projecto, que conta também com vários equipamentos sociais, como hospitais e escolas.

Outras infra-estruturas sociais, como estações de tratamento de água, deverão estar finalizadas até Julho, data em que está prevista a entrega das chaves aos futuros moradores, segundo promessa da direcção da Kora Angola. As obras de melhoria do acesso à centralidade devem estar concluídas também nessa altura.

Para o acesso às habitações da centralidade do Kuito, foram definidas três formas de pagamento, nomeadamente via renda resolúvel, arrendamento e venda livre a pronto pagamento.

A renda resolúvel, sob a responsabilidade do Fundo de Fomento Habitacional, reserva uma quota dirigida aos funcionários públicos e outra ao público em geral, estando o valor da renda estipulado em 38.898 kwanzas mensais, durante um período de 25 anos, no final dos quais o imóvel passa para a titularidade do inquilino.

A modalidade de arrendamento, sob responsabilidade do Instituto Nacional de Habitação que definiu como regras de acesso critérios iguais aos da renda resolúvel, é dirigida aos funcionários públicos e público em geral, estando a mensalidade calculada em 12.503 kwanzas.

Já a venda livre é dirigida a particulares e empresas que pretendam adquirir imóveis na centralidade. O valor de cada imóvel está estipulado no total em 11.669.490 kwanzas, podendo o valor em causa ser pago de duas formas diferentes: em quatro tranches durante quatro meses ou ainda 50% do valor do imóvel na assinatura do contrato e os restantes 50% divididos por cinco anos.

 

NOVAS HABITAÇÕES NO HUAMBO E UÍGE

 

Por outro lado, a Kora Angola espera ainda concluir, até ao final de Maio, o processo de comercialização das habitações da centralidade do Lossambo, no Huambo, outro projecto habitacional cujas vendas estão sob a sua responsabilidade.

Na centralidade do Kilomosso, no Uige, igualmente gerida pela empresa, das 4.500 residências previstas, a Kora Angola garante que 1.010 já estão concluídas, estando somente em falta a conclusão das obras de infra-estruturação para que as casas possam beneficiar de água, electricidade e rede de esgotos. A meta é que a comercialização de habitações, nesta centralidade, arranque no primeiro trimestre de 2018.

A Kora Angola, no âmbito de uma parceria público-privada, assumiu o desafio de construir 40 mil fogos habitacionais em vários municípios de cinco províncias, nomeadamente Bié, (Kuito e Andulo), Huambo (Bailundo, Caála e Lossambo) Uíge (Kilomosso), Kwanza-Sul (Sumbe) e Moxico (Luena).

Em Luanda, a empresa está a participar do projecto de reconversão urbana do Sambizanga e Cazenga.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao