wrapper

logo min

pten

O Banco Nacional de Angola (BNA) anunciou, na semana passada, que vai persuadir os bancos a alargar as suas agências para o interior de Cabinda, um desafio que tem na inclusão financeira o seu foco.

BNA201705095098

A mensagem foi avançada pelo vice-governador do banco central, António Tiago Dias, após uma audiência com o governador Eugénio Laborinho.

Citado pela Angop, o responsável garante que, o “BNA vai continuar a trabalhar no sentido de criar [meios] atractivos, uma vez que o Banco Central não abre agências, por não ter vocação comercial, mas como regulador tem a facilidade para dialogar com os bancos comerciais e incentivá-los a expandir as suas agências.

Dados de Fevereiro do subsistema de multicaixa publicados no portal do BNA, mostram que Cabinda tem apenas 86 caixas de pagamento automático, também designadas por Multicaixa.

Já a Associação Angolana de Bancos (ABANC) tem um outro estudo, divulgado no seu portal, em que conclui que Cabinda ocupa a sexta posição num ranking das 10 províncias com maior rede de distribuição de bancos, com 67 agências, atrás do Kwanza-Sul (75), Huambo (76), Huíla (105), Benguela (148) e Luanda, na liderança, com 1.038.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao