wrapper

logo min

pten

BANCA DIGITAL. Mais de 10 mil clientes já aderiram ao serviço de pagamento por telemóvel do Banco de Negócios Internacional, denominado BNIX, desde o seu lançamento em Novembro de 2016, segundo Herson Loth, director do gabinete de apoio ao BNIX.

23476680 1776086555735777 600678137 n

Temos cerca de 10 mil clientes e o desejável era que, pelo menos, cinco mil estivessem a fazer efectivamente recurso ao sistema para pagamentos aos comerciais, mas temos menos de mil”, lamentou Herson Loth, director do gabinete de apoio do BNIX. O mesmo que insiste que, apesar de as pessoas aderiram ao produto, se ficam, essencialmente, pela exploração das outras opções que não o pagamento.

Referindo que se trata de uma realidade que se assemelha às das demais instituições, o gestor bancário reconhece que a inversão do quadro representa um desafio para as instituições bancárias que têm de trabalhar, sobretudo no sentido de mais comerciais aderirem ao produto. “Se eu residir numa zona que não tenha um único centro comercial aderente, dificilmente farei recurso ao pagamento por via do telemóvel”, explica, informando que a rede BNIX conta com um total de 27 comerciais.

Dalmo Silva, do Banco Postal, proprietário do produto ‘Xikila Money’, garante, entretanto, que “esta não é a realidade do Xikila Money”. Ou seja, os clientes estão a fazer recurso aos telemóveis para os pagamentos.

“O que nós temos observado é um crescimento bastante acelerado, acima dos 50% ao mês das transacções de pagamentos, com mais de 80 milhões de kwanzas movimentados até ao momento só neste tipo de transacções, com particular destaque para as compras de recargas telefónicas, pagamentos do serviço de televisão e compras em estabelecimentos comerciais”, contabilizou.

Dados divulgados na semana passada, pelo Banco Postal, dão conta que o ‘Xikila Money’ superou a marca de 100 mil clientes, como resultado da abertura de mais 40 mil contas nos últimos dois meses. “Atingir esta marca significa que as pessoas acreditam no ‘Xikila Money’ e nos benefícios que esta oferta de serviços financeiros móveis traz para as suas vidas”, afirmou Pedro Vasconcelos, director de Agências desta Unidade de Negócio na nota distribuída a propósito.

O balanço dos sete meses de actividade do banco indica que contam com 110 quiosques e qautro agências distribuídas por Luanda e Huambo, para além de uma rede de mais de 1.250 estabelecimentos comerciais “Paga Aqui”, onde já é possível pagar com o telemóvel, esta unidade de negócio irá contar, nos próximos dias, com mais 35 quiosques no município do Cazenga, em Luanda. Dalmo Silva acredita que, até ao fim do ano, contarão com uma rede de dois mil comerciantes. Os Bancos BAI e o Atlântico têm produtos semelhantes no mercado.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao