wrapper

logo min

pten

O Banco Sol vai disponibilizar, este ano, dois milhões de dólares norte-americanos a cooperativas agro-pecuárias da província de Cabinda, no quadro do programa de micro-crédito Bumetchia, que visa contribuir para o fomento da agricultura e da aquicultura pelos camponeses da região.

00c1cc98a 64b8 4b0e bb01 f6ef8f87e7f1

O projecto de micro-crédito do Banco Sol enquadra-se numa parceria com a empresa portuária de Cabinda, no quadro do seu plano de sustentabilidade e cooperativa para incentivar as comunidades rurais dos quatro municípios de Cabinda a apostarem na actividade agrícola.

A cerimónia de lançamento do programa de crédito Bumetchia realizou-se na semana passada, na aldeia do Mbuela, da regedoria do Tando Palo, município do Cacongo e contou com a presença da ministra da Promoção da Mulher, do secretário de Estado da Agricultura, do presidente do Conselho de Administração do Banco Sol, da embaixadora Cuandina Rodrigues, representantes dos Ministérios das Pescas e do Ambiente, membros do Governo, funcionários do Porto de Cabinda, do Banco Sol e convidados.

A cooperativa agrícola do Tchimanha, da aldeia do Mbuela, composta por 35 famílias, foi a primeira a beneficiar do crédito do Banco Sol, no montante de 52 milhões de kwanzas.

A cooperativa, que ocupa uma área de 53 hectares, vai reembolsar o dinheiro recebido no prazo de 15 meses, por forma a permitir que a instituição bancária continue a financiar projectos agrícolas em Cabinda.

A cooperativa do Tchimanha recebeu moto-bombas, regadores, mangueiras, carrinhos de mão, tubos PVC para os tanques de aquicultura, moto-serras para a limpeza dos campos e pás.

O presidente do Conselho de Administração do Banco Sol, Coutinho Nobre Miguel, disse que a instituição bancária foi criada com o objectivo de contribuir para o combate à fome e à pobreza.

O gestor garantiu que o banco vai continuar a apostar no sector agrícola.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao