wrapper

logo min

pten

Presidente da República diz que está a enfrentar um “ninho de marimbondos”. Comentou assim a oposição que lhe tem sido feita. Mas não nomeou ninguém e voltou a prometer combater a corrupção.

JLO quer combater ninho de maribondos

Em Lisboa, João Lourenço recusou-se a fazer qualquer comentário à declaração de quarta-feira de José Eduardo dos Santos, sobre ter deixado nos cofres do Estado 15 mil milhões de dólares, escudando-se num argumento: estava no estrangeiro e não queria abordar assuntos internos. No entanto, numa mini-conferência de imprensa, na Presidência da República portuguesa, passou ao contra-ataque: “Neste combate à corrupção, sabíamos que estávamos a mexer no ninho do maribondo. Tínhamos a noção de que íamos ser picados. Já começámos a sentir as picadelas. Mas isso não nos vai matar e não vamos recuar. É preciso destruir esse ninho”.

O Presidente da República não nomeou ninguém a quem dirigia a flecha envenenada nem a quem se destinava a metáfora. Isto horas depois de Isabel dos Santos, no Twitter, alertar para a possibilidade de haver uma “crise política”, por causa das posições de João Lourenço.

Apesar de garantir que não queria abordar questões internas, João Lourenço, mal subiu à tribuna da Assembleia da República portuguesa, reafirmou a intenção de “combater a corrupção e a impunidade”, prometendo “criar uma nova Angola, mais amiga do investimento privado e mais transparente”.

O combate à corrupção e a promessa de diversificar a economia dominaram parte do discurso de João Lourenço no Parlamento português.

                                                                                                                                                                                                                                                                                                   *Em Lisboa

Last modified on quinta, 22 novembro 2018
 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao