wrapper

logo min

pten

Os governos de Angola e da Namíbia assinaram ontem (19) no Cunene, um memorando de entendimento no sector energético.

04ccda656 89dc 43fe b0cb 19ae0928d77b

O memorando poderá abrir caminho para construção, nos próximos tempos, da barragem Baines com capacidade para 600 ‘megawatts’. Rubricaram o documento, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, e pela parte namibiana, o ministro da Agricultura, Águas e Florestas, Alpheus Naruseb.

Em declaração à imprensa, o ministro João Baptista Borges destacou a importância do memorando, que vai permitir a elaboração de estudos para interligar os dois países no domínio da electricidade e a construção de um empreendimento energético na região de Ruacaná. O projecto começa a ser executado em 2021 e terá a duração de quatro anos e meio.

Cada país beneficiará de 300 ‘megawatts0 da barragem hidroeléctrica de Baines. O mesmo prevê interligar o sistema único das barragens em construção no país.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao