wrapper

logo min

pten

As autoridades angolanas estimam, para os próximos cinco anos, um aumento da capacidade de produção de sal, de 110 mil para 440 mil toneladas, informou, nesta terça-feira, em Luanda, a ministra das Pescas e do Mar, Victória de Barros Neto.

000d08ca2 a3e6 48e2 8d4b 6b7fa1316c0d r MzUweDI1MA

Está cifra pressupõe um aumento de 300% na capacidade actual de produção (110 mil toneladas), que a titular do sector considera já ser suficiente "para cobrir as necessidades de consumo directo dos cidadãos". Para atingir essa meta, o país terá de produzir, anualmente, 66 mil toneladas de sal (em cinco anos).

A governante, que falava à imprensa, à margem da reunião da Comissão Económica do Conselho de Ministros, informou que a materialização deste propósito passará, necessariamente, por um trabalho concertado com o sector privado.

Com essas medidas, explicou, pretende-se que o país atinja a auto-suficiência para o consumo interno e crie excedentes para exportação aos países vizinhos e para outros mercados internacionais interessados o sal angolano.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao