wrapper

logo min

pten

EXPOSIÇÃO. Depois do interregno, em 2016, e da realização na Baía de Luanda, em 2017, Feira Internacional de Luanda tem nova casa. Organização prevê ter mais de 500 expositores.

32853921 1978959685448462 7673394876045590528 n

A organização da Feira Internacional de Luanda (FILDA) garante que já tem cerca de 200 expositores inscritos para a 34.ª edição do evento, dos 500 que perspectiva e que representariam um crescimento de 96% face aos 245 da edição passada.

A feira, que volta a ser organizada pelo Grupo Eventos Arena e pelo Ministério da Economia e Planeamento, vai decorrer sob o lema ‘Diversificar a Economia, desenvolver o Sector Privado’.

O Grupo Arena prevê um orçamento de 477,6 milhões de kwanzas para a organização do evento. O Ministério da Economia e Planeamento, através da directora do gabinete de comunicação institucional e imprensa, Ana Celeste, garante que o Estado “não irá desembolsar nenhum montante” para a realização desta edição, sendo que as despesas serão todas suportadas pela Eventos Arena.

Sem avançar as perspectivas de retorno, o Ministério garante, no entanto, que o evento “acontece num momento em que o Executivo está a realizar reformas tendentes à melhoria do ambiente de negócios, em particular do quadro regulatório e institucional do investimento privado”.

A feira está marcada para 10 a 14 de Julho na Zona Económica Especial de Luanda (ZEE), depois de, no ano passado, se ter realizado na Baía de Luanda e após o interregno de 2016. Na 32.ª edição, que antecedeu ao interregno, participaram 870 expositores de 24 países.

‘Assunto FILDA’ nas mãos de João Lourenço

O processo que visa apurar as razões, causas e culpados da vandalização do espaço, que, durante anos, acolheu a Feira Internacional de Luanda, depois do interregno que se registou em 2016, está a ser gerido pela própria Presidência da República, segundo Ana Celeste. O espaço que acolhia a feira foi abandonado e continua a ser vandalizado por moradores vizinhos, apesar de alguns trabalhadores ainda permanecerem no local. Localizado no Cazenga, só poderá realizar qualquer evento da envergadura da FILDA, depois de realizadas as obras que podem durar 12 meses, como refere um diagnóstico elaborado pelo Ministério das Obras Públicas.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao