wrapper

logo min

pten

As condições estão criadas para a recepção de mais turistas, na sequência dos acordos de isenção e simplificação de vistos. Na semana passada, o ministro do Interior, Ângelo Tavares, testou o sistema informático que pretende desburocratizar o processo e considerou-o apto.

29750279 1925591864118578 1177738986 n

De acordo com o decreto presidencial de 20 de Fevereiro, passam a estar isentos da apresentação do visto, para estadias até 30 dias e entradas de 90 dias por ano, turistas de cinco países africanos: Botsuana, Ilhas Maurícias, Ilhas Seychelles, Zimbábue e Singapura. Para a solicitação do pré-visto, os interessados devem pagar 120 dólares, nos postos de fonteira em Angola ou 16 mil kwanzas nos bancos BCI, BPC e Keve e ainda por multicaixa.

Outro decreto determina que passam a beneficiar do regime de simplificação de actos administrativos na concessão de visto de turismo outros 61 países.

Segundo explicações do director-geral do Serviço de Migração e Estrangeiro, Gil Famoso (na foto), as missões diplomáticas e consulares vão emitir vistos, de forma simplificada e desburocratizada num período não superior a três dias. O pedido deve ser feito por e-mail. Depois da resposta, que não deve ultrapassar as 72 horas, quem solicita deve apresentar-se a um posto fronteiriço para cumprir os procedimentos de entrada, que passam pela reserva do hotel ou de uma residência de hospedagem, passaporte válido, bilhete de passagem de ida e volta, cartão internacional de vacinas e comprovativo de meio de subsistência. Quem se apresente pela primeira vez em Angola tem de fazer um registo biométrico. O prazo de 72 horas serve para o SME aferir o cadastro do solicitante.

RISCO CONTROLADO

Gil Famoso assegurou que Angola, sendo membro da Interpol, tem toda a informação do mundo, por isso, “não se vai correr muitos riscos com a entrada de estrangeiros”.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao