wrapper

logo min

pten

O Governo voltou a proibir a exportação de sucata do país, em 2018, com o objectivo de apoiar a indústria siderúrgica nacional, de acordo com uma determinação da ministra da Indústria, Bernarda Martins.

sucatas

Segundo um despacho de 14 de Março do Ministério da Indústria, a que a Lusa teve hoje (19) acesso, a decisão, de fixar uma ‘quota zero’ para a exportação de sucata no ano económico de 2018 justifica-se com o "crescimento da indústria siderúrgica nacional", que "exige cada vez mais [matéria-prima] e em maiores quantidades".

A medida justifica-se também, lê-se no mesmo despacho, "tendo em conta que a exportação da sucata pelos agentes económicos, à margem das normas estabelecidas, constitui ameaça séria ao crescimento que se vem registando" no sector da indústria nacional, "com efeitos nocivos a médio prazo para o país".

A proibição de exportação de sucata, relativa a 2017, foi anunciada pela ministra Bernarda Martins, em julho, num encontro com operadores nacionais, tendo tornado público, na mesma ocasião, a realização de um estudo para o levantamento das quantidades de sucata no país. "Nós tomámos a decisão de estabelecer quota zero para a exportação de sucata no sentido de preservarmos as nossas reservas para alimentarmos as nossas indústrias", disse a ministra.

A governante salientou que o país tem sucata de vários tipos, mas é necessário que se identifique a que existe em maior quantidade.

"Precisamos de conhecê-la de facto, hoje a sucata que mais temos no país, ao que parece, é a sucata marítima", apontou a ministra, adiantando que o estudo que deverá ser feito visa também traçar perspetivas futuras.

As necessidades angolanas de sucata eram reduzidas até 2016, face à produção limitada das três pequenas empresas de transformação que funcionavam no país.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao