wrapper

logo min

pten

FINANCIAMENTO. Vice-presidente da entidade para África anuncia reforço das ajudas a Angola, no fim de uma reunião com o ministro das Finanças. Sem avançar montantes, o organismo coloca a Educação, a Saúde e o Orçamento em posições de destaque.

4O5A0728

O Banco Mundial (BM) anunciou que tem preparado, para os próximos anos, mais financiamentos para o Governo angolano, mas que ainda estão dependentes de estudos e avaliações do organismo sobre as necessidades e prioridades a atacar.

A mensagem foi dada por Makhtar Diop, vice-presidente da entidade bancária mundial, à saída de uma reunião com o ministro das Finanças Augusto Archer Mangueira e altos quadros afectos às duas entidades.

Da agenda de Makhtar Diop, que esteve no país na semana passada em visita de trabalho, no âmbito da ‘Revisão Estratégica de Integração Regional’, constava o reforço da cooperação económica e financeira com Angola, que privilegia, sobretudo, os domínios da Educação, Saúde, Energia e Águas e Agricultura, além da possibilidade de um apoio ao Orçamento Geral do Estado (OGE) angolano.

“Os valores serão discutidos depois, quando a avaliação estiver pronta. Mas o mais importante é a vontade do Banco Mundial em apoiar Angola”, disse Diop, sem, no entanto, precisar o montante do financiamento a ser libertado.

Ao comentar sobre o actual quadro económico de Angola, Makhtar Diop sublinhou que o mais importante é existir “uma janela de oportunidades” de cooperação entre o Banco Mundial e Angola, nos sectores da Educação, Saúde, Energia e Águas e Agricultura.

Do Ministério das Finanças, sai a ‘crença’ de que, com a vinda de Makhtar Diop, haverá o “estreitamento das relações com o Banco Mundial e a captação de importantes financiamentos, visando apoiar a agenda governativa do Executivo voltada para o relançamento do crescimento económico, redução da pobreza, transformações estruturais, diversificação económica, bem como a inclusão económica e social”, de acordo com uma nota disponível no site do organismo.

Fruto das negociações entre Angola e o Banco Mundial, prossegue a nota das Finanças ,“as partes acreditam ser necessário um incremento do pacote financeiro, para apoiar importantes projectos do sector social, com realce para os sectores da electricidade e do saneamento, tendo em conta as necessidades de financiamento do país nos próximos anos”.

Actualmente, a presença do Banco Mundial em Angola está focalizada em três eixos, nomeadamente a assistência técnica, estudos e financiamento de projectos. O primeiro eixo já pôs em marcha três das suas iniciativas, nomeadamente a assistência técnica sobre a melhoria do ambiente de negócios, assistência técnica sobre o desenvolvimento do sistema financeiro e a assistência técnica sobre o branqueamento de capitais e combate aos fluxos Financeiros Ilícitos.

Já no segundo eixo, está em curso a produção de um conjunto de estudos que têm como foco efectuar o diagnóstico em determinados sectores e produzir recomendações, designadamente o estudo sobre a revisão da despesa no sector da educação e saúde, a revisão da despesa no sector de protecção social, bem como o memorando económico do país.

O terceiro eixo concentra-se na carteira de projectos financiados pelo Banco Mundial, com ênfase nos sectores da Educação, Saúde, Agricultura e Energia e Águas, globalmente avaliados em 1.065 milhões de dólares.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao