wrapper

logo min

pten

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) vai receber mais 25,1 mil milhões de kwanzas para cobrir despesas com a supervisão do registo eleitoral presencial, que concluiu pela inscrição de 9,3 milhões de eleitores.

 

Esta verba será transferida do Orçamento Geral do Estado (OGE), conforme autorização que consta de um Decreto Presidencial de 7 de Julho, ao qual a Lusa teve hoje (12) acesso, permitindo um crédito adicional naquele valor para pagar "despesas relacionadas com o processo de supervisão do registo eleitoral presencial" pela CNE.

O registo eleitoral com vista às eleições gerais decorreu entre 25 de Agosto de 2016 e 31 de Março de 2017, em todo o país, conduzido pelo Ministério da Administração do Território (MAT). Para a supervisão do processo de registo eleitoral, já tinha sido aprovado, em Fevereiro deste ano, um outro crédito adicional ao OGE de 2017, neste caso, no valor de 5.980 milhões de kwanzas.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao