wrapper

logo min

Portuguese English

CRUDE. Sonangol inicia produção principal de petróleo no projecto Sul, do bloco 0, ao largo de Cabinda, após uma fase temporária inicial, agora com 150.000 barris de crude por dia.

O projecto Mafumeira envolve, além da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol), enquanto concessionária estatal (com 41% do grupo empreiteiro), a norte-americana Chevron, através da subsidiária angolana Cabinda Gulf Oil Company (39,2% e a operadora do bloco), bem como a Total (10%) e a Eni (9,8%), localizando-se a 24 quilómetros da costa de Malongo, em Cabinda, em águas com 60 metros de profundidade e vai produzir 150 mil barris de crude por dia.

Angola é, actualmente, o maior produtor de petróleo em África e viu a receita fiscal com a exportação petrolífera atingir, em Janeiro, o valor mais alto em 16 meses, ultrapassando os 158,9 mil milhões de kwanzas, segundo dados do Ministério das Finanças a que a Lusa teve acesso.

A entrada em funcionamento da produção de petróleo e gás da estrutura principal de produção do projecto Mafumeira Sul, agora anunciada, eleva a capacidade a 150.000 barris diários de petróleo e 350 milhões de metros cúbicos de gás natural.

O petróleo produzido neste campo será transportado directamente para o Terminal de Malongo (Cabinda) da Chevron, enquanto o gás natural – que resulta da extracção do crude – seguirá para a fábrica Angola LNG, no Soyo, no Zaire, através do gasoduto do desfiladeiro do rio Congo.

De acordo com um relatório mensal sobre as receitas com a venda de petróleo, o país exportou, em Janeiro, 52.250.079 barris de crude, a um preço médio superior a 51 dólares. Trata-se de um aumento superior a 3,3 milhões de barris de petróleo face a Dezembro de 2016, período em que cada barril foi vendido, em média, a 44,2 dólares. A produção antecipada na segunda fase do campo Mafumeira Sul, do bloco 0, arrancou em Outubro de 2016, através de um sistema de produção temporário com capacidade para 10.000 barris de crude por dia.

O campo Mafumeira Sul tem a vantagem de as reservas estarem a pouca profundidade, ao contrário de outras em águas profundas e ultra profundas, que obrigam a soluções de engenharia mais complexas.

 

Comentários

A Informação mais vista

+ Opiniões

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao