wrapper

logo min

pten

GESTÃO DE RESÍDUOS. Entre outras sugestões, realce para projectos adaptados a um modelo de ordenamento cada vez mais adequado às exigências ecológicas, com a redução do uso de matérias-primas e produtos e o aumento da reutilização e da reciclagem.

44984886 272619406723436 790292747176116224 n

As empresas e indústrias nacionais e estrangeiras “devem integrar acções de investimento para a reciclagem de resíduos, de modo a se reduzirem os desperdícios e garantir a protecção do meio”.

A posição foi defendida na passada semana, em Luanda, pelo ambientalista angolano Faia Miguel, durante a 2.ª conferência de Engenharia e Arquitectura da Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto (UAN).

Segundo o especialista, os problemas ambientais situam-se hoje entre as principais questões mundiais e que impõem a necessidade da promoção de acções colectivas, visando a melhoria da qualidade de vida das populações.

O também docente universitário reconhece que o país está agora numa situação “muito confortável”, com políticas correctas no que toca à gestão e reciclagem de resíduos, mas defende ser necessário educar o homem e consciencializá-lo de que “os recursos naturais são finitos e a má gestão se reflecte directamente no ser humano”.

Quanto às cidades, Faia Miguel sugere projectos adaptados a um modelo de ordenamento cada vez mais adequado às exigências ecológicas, com a redução do uso de matérias-primas e produtos e o aumento da reutilização e da reciclagem, acrescentando que existem jovens com talento e capacidade para contribuir para o reaproveitamento de resíduos e promoção da indústria verde no país, no entanto, “a falta de incentivos financeiros está na base da sua reduzida aposta”.

No evento, foram abordados, entre outros, temas como ‘Análise experimental da digestão anaeróbia de resíduos urbanos à escala piloto em biodigestores’, com realce para as centrais de valorização de resíduos por tratamento biológico que funcionam com base em processo de digestão aeróbia ou anaeróbia, sendo uma das tecnologias mais usadas na degradação da matéria orgânica presente nos resíduos.

A 2.ª conferência, que decorreu sob o lema ‘A engenharia e arquitectura na solução dos problemas da sociedade’, pretendeu apresentar todos os resultados da produção científica desenvolvida pelos docentes e estudantes dos cursos da Faculdade de Engenharia da UAN.

O colóquio visou contribuir para a solução dos problemas da sociedade, incentivar a cultura da investigação científica e do conhecimento, proporcionar um espaço para que docentes, investigadores e técnicos de outras instituições do país possam apresentar trabalhos técnicos e científicos.

 

Comentários

A Informação mais vista

O Valor Económico

É o órgão de eleição para a divulgação da sua marca entre os públicos mais exigentes, designadamente decisores políticos e empresários, profissionais médios e estudantes universitários. Pauta-se pelo rigor da informação e da análise dos temas relevantes que afectam directa ou indirectamente a economia angolana e internacional e afirma-se como espaço de promoção de ideias, através da opinião e do debate.

NewsLetter

Contactos

Para anunciar no Valor Económico, entre em contacto connosco.

Rua Fernão Mendes Pinto, Nº 35, Bairro Alvalade,
Distrito da Maianga – Luanda.

Comercial Telemóveis:

(Geovana Fernandes):

+244 941 784 792

(Arieth Lopes)

+244 941 784 791

Telefones:
+244 222 320510 / 222 320514

comercial@gem.co.ao